8 de janeiro de 2009

Crônicas De Um Programador

Decidira colocar em prática a escolha pessoal de publicar o fonte das minhas bibliotecas, mesmo que eu não seja um expert.

Mas antes resolvo dar uma olhada para ver se o código estaria mais ou menos tragável. Eis então que ressoa minha consciência:
  • Hmm.. tenho que terminar de por tudo em inglês
  • Que mistureba é essa que eu fiz?
  • Nossa! Se eu puser isso na net vão rir de mim
  • Documentação, documentação...
  • Esse pedaço antigo não dá para apagar ainda
  • Será que vão entender isso aqui...

Resultado: Ainda não tive coragem de publicar.

5 comentários:

Valdinei dos santos disse...

Esses pensamentos são seus mas parece que são meus ....
Essa mania que tudo tem que estar sempre perfeito. Quando se trabalha sozinho ou e grupos muito pequenos isso as vezes acontece, embora não seja bom mas acontece.

Publica quem sabe a galera dá sugestões para melhora tiras suas gambiarras o código tende a ficar melhor.
Grande Abraço.

Walter Cruz disse...

Hehhee, são pensamentos que sempre ocorrem.. Faz o seguinte faz a mínima arrumação necessária, e lança assim que puder ;) Tende a funcionar.

Eduardo Willians Bandeira de Melo disse...

Valeu amigos. Acho que vou seguir o conselho de vocês.

Joe Rabelo disse...

Kamarada, sinceramente, código perfeito é igual linguagem 100% orientada a objetos. Será que realmente existe alguma linguagem puramente orientada a objeto ou algum código perfeito?
Se existe é algo raro e no mínimo duvidoso.
Então, tire seu código de dentro da gaveta e aproveite o que o opensource tem de melhor. A colaboração.

Francisco Souza disse...

Arruma basicamente e publica, a galera da uma revisada e olha, como já foi sugerido.

Acho que não rola isso de perfeição hehe