30 de julho de 2014

O Que Realmente Importa?

A maioria não faz essa pergunta a si próprio. Mas ainda que não se dê conta, cada um busca preencher a vida com alguma coisa.

Uns se dedicam a baleias e à natureza. Outros, a exercício físico, meditação zen, liberalização sexual, carreira profissional, dinheiro, intelectualidade, caridade, fama, economia do país, fim do aquecimento global, fim do capitalismo ou socialismo, legalização do aborto, bebidas, paixões, paz no oriente médio, jogos de vídeo-game, filmes e novelas, derrubar o colega de trabalho ou vizinho, rock, pagode, metal, smartphone, se tornar o chefe, time de futebol, fim da corrupção, vestidos e bolsas, reconhecimento dos outros, diversão à noite, carros, etc.

O que realmente vale a pena? Ao que se deve aplicar a vida?

Alguns poucos, bem poucos, vão dizer que o que realmente importa é a santidade, ainda que o caminho seja árduo.

Nenhum comentário: